A última do ano
Valmir Lana Jr.
22 de novembro de 2017

Por Valmir Lana


Para a maior parte dos atletas não somente do Brasil, mas do mundo, o calendário já acabou, estão de férias, descansando e vivendo ao lado de seus amigos e familiares; outros, como eu, estão em fase final de treinos e isso quer dizer que estou na curva boa da performance, onde você sabe que cumpriu sua planilha, você se sente cansado a semana toda, mas sabe a cada treino que valeu a pena todo preparo, todo tempo colocado nisso, e todo aquele papo de perder momentos com a família, amigos... abdicações e por aí vai!

No próximo dia 02/12 alinho para minha segunda prova foco do ano de 100km, desta vez estarei na cidade de Cape Town – África do Sul e pretendo conseguir completar esta prova bem, me sinto forte, treinado, com a cabeça boa e muita, mas muita vontade de largar!

Esta prova tem um perfil variado, são 4.200m D+ anunciados, subimos a Table Mountain que é o cartão postal da cidade.

Nesta viagem irei com alguns amigos mais experientes que eu e que com certeza estão me ajudando muito nisso, um deles é o Francisco Ottoni, que é expert em Ultra de montanha, muito meticuloso com tudo, tem ótimas dicas e sempre ouço tudo com atenção.

Entretanto, busquei outras fontes e fiz 5 perguntas para uma atleta da Salomon que estará por lá, Lucy Bartholomew correu sua primeira prova de 100km com 16 anos inspirada em seu pai e apesar de jovem, tem um belo currículo, foi a 5º geral no TDS (UTMB – 2017), Vice-campeã da Marathon du Mont Blanc 90km (2017) entre tantos outros grandes resultados. Para saber mais de Lucy, acessem seu site: https://www.lucybartholomew.info/


For most athletes not only Brazil, but the world, the calendar is over, they are on vacation, resting and living next to their friends and family; others, like me, are in the final stages of training and this means that I'm on the good curve of the performance, where you know you've completed your spreadsheet, you feel tired all week, but you know with each training that it was worth all the preparation , all the time put in this, and all that talk of losing moments with family, friends ... abdications and so on!

Next day 02/12 I will be in Cape Town - South Africa and I intend to be able to complete this race well, I feel strong, trained, with a good head and a lot, but a lot of desire to finish!

This event has a varied profile, is 4,200m D + announced, we climb Table Mountain which is the postcard of the city.

On this trip I will go with some friends who have more experience than me and who are helping me a lot on this, one of them is Francisco Ottoni, who is an expert in Ultra Trail, very meticulous with everything, has great tips and I always hear everything carefully.

However, I searched for other sources and asked 5 questions for a Salomon athlete who will be there, Lucy Bartholomew ran her first 100km race at age 16 inspired by her father and although young, has a good resume, was 5th overall in the TDS (UTMB - 2017), second overall of the Marathon du Mont Blanc 90km (2017) among many other great results. To learn more about Lucy, visit her website.


1. You train a lot every day, how do you prepare yourself, how many km you run every week?

R: I dont think i train alot, somedays i think i can be quite lazy and wonder how i manage to fill the days!! Each week varies but for the 4 weeks leading to UTCT i have been running 130km with a very nice mixture of long days, short training, hills, speed and cross training. Its been such a pleasure.

1. Você treina muito todos os dias, como você se prepara, quantos quilômetros você corre todas as semanas?

R: Eu não acho que eu treino muito, alguns dias eu acho que posso ser bastante preguiçosa e me pergunto como eu consegui completar os dias! Cada semana varia, mas durante as 4 últimas semanas até o UTCT tenho executado 130 km com uma mistura muito agradável de treinos longos, treinamento curto, subidas, velocidade e treinamento variado. É um prazer.

2. How do you feed yourself along the 100km?

R: I run with CLIF bar gels and shotbloks along with fruit around the aidstaions. I always have a good plan but i maybe follow it 10% of the time!

2. Como você se alimenta ao longo dos 100 km?

R:Eu corro com géis de barra da CLIF e shotbloks juntamente com frutas nos dos aids. Eu sempre tenho um bom plano de alimentação, mas eu talvez o siga 10% das vezes!

3. You are Young but you are an expert in long run, what do you expect to this race?

R: Not an expert at all! I still feel so new and like i am always learning which i think is a really cool thing about this sport and why i keep returning to these distnaces. I think this race will be fast and tough! It is with a strong field, some cool mountains and of course, a log way so i really hope it can bring the best out of me and to enjoy a nice day exploring Cape Towns trails.

3. Você é jovem, mas você é um especialista em corrida longa, o que você espera dessa corrida?

R: Não me considero uma especialista! Eu ainda me sinto tão nova e, como sempre, estou aprendendo, o que eu acho uma coisa muito legal sobre esse esporte e por que continuo retornando a essas distâncias.

Acho que essa corrida será rápida e dura! Tem um start list forte, algumas montanhas boas e, claro, um longo caminho, então eu realmente espero que possa tirar o melhor proveito de mim e aproveitar um bom dia explorando as trilhas da Cidade do Cabo.

4. The time to finish is a problem to you or you don`t care about it?

R: I dont know enough about the course to know about what times i will run or how i will finish. I will be happy to make the track around, enjoy some views and make some new friends- the clock doesnt count these precious things.

4. O tempo para terminar é um problema para você ou você não se preocupa com isso?

R: Eu não sei o suficiente sobre o percurso para saber quanto tempo eu vou levar para correr ou como vou terminar. Fico feliz em fazer a trilha, aproveitar alguns visuais e fazer novos amigos - o relógio não conta essas coisas preciosas.

5. Cape Town is a great city, are you exciting to run and look around or you just focus on your run and let the sightseeng to later?

R: I have been lucky to come over a bit early (i am already here!) and so i have some days to explore before i rest and focus and then race. But after the race i will stay an extra week to stay on the beach, eat the food and embrace the good vibes of life in Cape Town. Also i hope its not the last trip here!

5. Cidade do Cabo é uma ótima cidade, você está ansiosa para correr e olhar ao redor ou você apenas se concentra em sua corrida e deixa as atrações para mais tarde?

R: Tive a sorte de chegar um pouco cedo (já estou aqui!) E por isso tenho alguns dias para explorar antes de descansar e focar, para depois correr. Mas depois da corrida, vou ficar uma semana extra para ficar na praia, comer a comida e aproveitar as boas vibrações da vida na Cidade do Cabo. Também espero que não seja a última viagem aqui!


Quando vejo a sinceridade destes atletas e que eles também tem atitudes que temos, como no caso do plano alimentar e segue somente 10%, vejo que somos todos iguais, o que diferencia é o comprometimento que se tem com o treinamento e a alegria de estar fazendo aquilo. Se não tiver um deles não vale a pena e se não tiver os dois então é melhor mudar o foco!

Na próxima segunda (27/11) embarco para Cape Town, espero me divertir e descansar para conseguir fazer uma bela corrida e aproveitar esta oportunidade que estou tendo!

Já sinto conexão com a viajem desde já, pois a felicidade está em todo caminho, todo percurso, lá na prova eu sei que quando cruzar a linha de chegada o sonho e a motivo pelo qual tanto me dediquei terá acabado e poderei pensar em 2018 com mais calma e com uma boa taça de vinha na mão!


When I see the sincerity of these athletes and that they also have attitudes that we have, as in the case of the food plan and follows only 10%, I see that we are all the same, what differentiates is the commitment with the training and the happyness of being doing that. If you do not have one of them it is not worth it and if you do not have both then you better change the focus!

The next Monday (27/11) I travel to Cape Town, I hope to have fun and rest to be able to make a beautiful race and to enjoy this opportunity!

I already feel connection with the journey from now, because happiness is in every way, in the race I know that when I cross the finish line the dream and the reason why I dedicated so much will be finished and I will be able to think in 2018 with calm and a good glass of vine in hand!